Vaginismo? O que é isso?

Se você é daqueles que ainda acha que o Vaginismo é uma DST, está errado.
Vaginismo não é nada mais que a: “Contracção involuntária dos músculos circunvaginais” (próximos à vagina), o que impede qualquer tipo de penetração na vagina.

A que se deve o vaginismo?
Simples, existe ainda muita gente que instaura o medo, desde cedo, nas mulheres e meninas, seja por razões morais, políticas ou religiosas, para não terem relações sexuais. O sexo é visto como algo sujo, degradante, embaraçoso, repreensível…
Mesmo quando não são os pais a querer controlar, é a sociedade/ cultura/ religião, e torna-se comum a menina ficar com medo da primeira vez, já que toda a comunidade diz que dói.

Esse medo pode provocar a contracção dos músculos, impedindo a penetração. Ou, na maioria dos casos, a penetração poderá até acontecer, mas a mulher sentirá dor.

Por isso, é importante saber que a dor que muitas mulheres descrevem “da primeira vez” é devida a essa contracção muscular.
Se a menina quer que não doa, o melhor é relaxar e compreender melhor o seu corpo, para saber quando está pronta e relaxada.

Todos os homens precisam de saber isto, em vez de se acharem machões por estar a comer uma “gaja apertada”.
É um absurdo ninguém explicar o vaginismo, nem nas escolas.
No entanto, um homem no mínimo compreensivo saberia que, se a garota está tensa, não poderá ser penetrada. Em vez de forçar, ajudaria a deixá-la mais relaxada, calma e saber quando ela estiver pronta.

Mas como saber se estou pronta?
A melhor forma é entender o seu corpo, e para isso o truque é masturbar-se.
Vá à casa de banho e pense em alguém atraente, acaricie-se, veja o que lhe dá prazer, toque-se.
Com o tempo descubra o quanto fica molhada.
Veja se está apertada, tente colocar um dedo, veja se entra facilmente. Depois tente outro.

Com o tempo, você sentirá quando o músculo da vagina está relaxado, assim você saberá se já está pronta para primeira relação sexual, e começar a penetração. Ou se ainda está um pouco tensa e é melhor continuar com mais uns amassos.

O vaginismo só ocorre na primeira vez?
Não. Em muitos casos o vaginismo pode ocorrer devido a um trauma psicológico, como ter sido violada ou conviver com pessoas que condenam o sexo a tempo inteiro.
Em alguns casos é necessário ir a um médico para tratar o problema.

sensual

Timing Sexual – Porque o prazer não é simultâneo?

timming-sexual

TIMING SEXUAL


Escrito por Sergio Savian*

 

São muitas as mulheres que reclamam da velocidade dos seus parceiros sexuais. E muitas vezes a falta de sintonia é tamanha que no final das contas, ou melhor, do ato, é comum que elas se sintam bastante insatisfeitas.
Os homens, principalmente os mais jovens, excitam-se mais rápido que as mulheres porque a sua natureza funciona dessa forma, diferente delas, que naturalmente levam mais tempo para se estimular. Para os homens que buscam a sintonia com as suas parceiras é importante que compreendam esta diferença dos tempos e aprendam a segurar a sua ansiedade para consumar o sexo.

No mundo animal os machos costumam ser bastante rápidos na penetração e na ejaculação e nós, homens, somos naturalmente bem parecidos com isso. Mas, se quisermos ter um sexo que vai além do nosso instinto animal de procriação, com a possibilidade do prazer, é importante que saibamos controlar este ímpeto, fazendo um sexo mais prolongado. E isso só se aprende na prática.

Uma dica fundamental para que o homem faça esse controle da ansiedade é prestar atenção na respiração e nos movimentos do corpo. Respirando de forma ofegante, com movimentos corporais afoitos, chega-se logo ao orgasmo. Mas se você respirar profundamente e usar mais a sensibilidade, focando nos cinco sentidos (paladar, olfato, audição, tato e visão), torna-se mais fácil estender o sexo por mais tempo.

Os homens costumam ser mais objetivos que as mulheres, não só no sexo, mas na maior parte da vida. Se o casal quer realmente uma sintonia mais fina, é importante que o homem se torne mais subjetivo, prestando mais atenção em cada passo do encontro, e a mulher se torne um pouco mais objetiva, indo à luta na busca do seu prazer.

De toda forma o diálogo entre os dois tem que ser bem aberto e transparente. Muitos acham difícil falar sobre o sexo. Mas ninguém é obrigado a adivinhar o que é bom ou ruim para o outro. Se você não fala, explicitando as suas preferências, é difícil conseguir a sintonia que quer. Por isso, deixe a vergonha de lado e comece a expressar o que você sente.
São muitas as diferenças que podem influenciar o descompasso do casal. Uma delas é a diferença de temperamentos. Tem pessoas que são naturalmente mais ardentes e outras, mais suaves. Neste sentido é importante que se busque o caminho do meio. Aliás um bom sexo consegue equilibrar o firme e o suave, intercalando-os no encontro dos corpos. Quando você aperta o(a) seu(sua) companheiro(a) e move a pélvis, cria energia libidinal, mas para que essa mesma energia possa circular por todo o corpo é importante que você crie momentos suaves. Por isso saiba intercalar o toque mais firme e sem vergonha com a delicadeza e o romantismo do contato.

As preliminares são importantes para que se consiga empatia entre os dois. E isso acontece mais facilmente quando você começa devagar, aquecendo o envolvimento pouco a pouco até pegar fogo. Um abraço bem demorado pode ser um bom começo. Ou, que tal uma boa massagem relaxante? Cuide da música de fundo. Você pode criar uma boa trilha sonora que vai dar um clima parecido com um filme.

Uma coisa é você desejar a outra pessoa, outra é vocês sincronizarem os seus desejos. E se souberem fazer isso com arte, equilibrando o vigor com a brandura, poderão permanecer por muito tempo num belo patamar de orgasmo, desfrutando juntos e por muito mais tempo do encontro.

* Sergio Savian é terapeuta e autor dos livros “Sexo: exercícios para o êxtase sexual” e “Que delícia: paquera e sexo de qualidade”, da Editora Gente. Conheça o seu site http://www.mudancadehabito.com.br

Massagem Sensual / Erótica

A massagem é usada há milhares de anos pelos seres humanos como forma de relaxamento, mas as delícias da massagem não são só relaxantes. Existem certos tipos de toques que são estimulantes e excitantes e podem ser usados como uma enorme fonte de prazer.

A massagem sensual, também chamada erótica ou massagem tailandesa, explora ao máximo os diferentes tipos de toque e tem papel fundamental na arte da sedução.

 

Você pode usar as mãos, o seu corpo e uma infinidade de acessórios.

Nesse tipo de massagem você não quer relaxar o seu parceiro e sim excitá-lo pois funciona como uma preliminar. Não se assuste se seu parceiro interromper a massagem no meio. Lembre-se que uma boa sessão de massagem sensual tem hora para começar, mas não para acabar. A massagem é uma poderosa troca de energia. Então, se não estiver se sentindo muito bem, deixe para fazê-la outro dia.

Vamos às dicas:

Na semana passada, falamos sobre o Banho Sensual. A massagem pode ser feita após o ritual do banho.

Leve-o para o local da massagem, pode ser o quarto ou a sala, que já deve estar preparado e previamente aquecido, para que ele não sinta uma diferença de temperatura muito grande ao sair do banheiro.

Preparação do Ambiente:

– Coloque um edredom em cima do tapete e espalhe pétalas de rosas em cima do mesmo.
– Cerque-o de almofadas para manter o clima de aconchego e coloque um travesseiro embaixo da cabeça dele para que ele possa observá-la enquanto você o massageia.
– Espalhe velas aromatizadas pelo quarto.
– O incenso deixa o ambiente bem místico, mas só deve ser usado se apreciado por vocês.
– Tenha ao lado dele, uma bandeja com frutas vermelhas e taças com uma bebida nobre.

Para essa massagem você irá montar uma cesta com os seguintes produtos:

– Óleo para massagem comestível e que aqueça;
– Gel comestível e que aqueça;
– Pluma;
– Echarpe de seda;
Vibrador com um formato de pincel de blush.
Caso você não tenha tudo não se preocupe. Você pode deixar a sua imaginação fluir.

A massagem:

Dica: Uma vez que você colocou as mãos sobre o corpo dele, não deve retirá-las para não interromper a troca de energia. Os movimentos deverão ser leves e contínuos, repetidos no mínimo 3 vezes em cada região. Sinta cada pedacinho do corpo dele.
Use apenas um robe de seda e uma calcinha amarrada na lateral.

– Deite seu amado de barriga para cima;

– Ajoelhada entre as pernas dele, coloque um pouco de óleo nas mãos, esfregue as palmas das mãos com sutileza para aquecê-las. Em seguida aproxime-as dele, sentindo o calor do seu corpo.

– Coloque as mãos sobre uma das pernas dele e faça movimentos circulares. Vá até os joelhos pela parte externa e volte passando as mãos pela parte interna.

– Segure a perna dele e coloque-a sobre sua coxa, de modo que os pés dele rocem seus seios. Continue com os carinhos em círculos na perna e na sola do pé. Leve as mãos até a virilha e volte, passando para a outra perna. Repita a operação.

– Suba as mãos para a coxa, fazendo-as deslizar até a virilha, sem tocar no pênis, e volte pela outra perna. Faça movimentos de vaivém, indo pela lateral das coxas e voltando pela parte interna, como se estivesse fazendo um “s” com as pontas dos dedos. Você também pode usar a pluma, a pena de pavão, a echarpe ou mesmo as unhas para fazer essas carícias.

– Coloque mais óleo nas mãos sempre que necessário, mas sem tirar as duas mãos do corpo dele ao mesmo tempo. Assim, suba as mãos para a virilha e comece a massagear o pênis, de baixo para cima, da base em direção à glande. Olhando para o seu amor, espalhe algumas gotas do gel excitante e solte seu hálito sobre o produto para aquecê-lo. Lamba o pênis suavemente. Você também pode espalhar o gel ao redor do umbigo dele e lamber as gotinhas.

– Sente-se sobre uma das pernas do maridão e roce a vagina na coxa dele, mas mantenha a massagem. Aproveite para dar uns beijinhos nas pernas dele também. Sem tirar as mãos, mude de perna e repita os movimentos.

– Sente-se no meio das pernas dele e repita a massagem nesses membros, mas dessas vez usando o vibrador, até mesmo no pênis. É por isso que o aparelho deve ser de um formato bem neutro.

– Se ele ainda agüentar e não quiser partir para a transa imediatamente, siga com a massagem, com os mesmos movimentos circulares, no peito e nos braços. Pingue um pouquinho de champanhe ou licor no corpo dele e lamba; faça carinhos no rosto, cabelos, aproveite para deixar que ele prove os pedacinhos de frutas. Use sua imaginação.

– Depois, sentada sobre seu amor, no melhor estilo “cavalinho”, comece a roçar a vagina no pênis dele. Olhando para seus olhos, deixe cair o robe, passe um pouco de óleo nos seios e outras partes do corpo sobre o dele. Ele não vai resistir!

Banho Sensual

Hoje vou dar dicas para um banho sensual a dois. Em um clima de sedução, você vai dar banho em seu amado, vai estimular os cinco sentidos e para isso, o preparo do ambiente é uma etapa fundamental:

– Espalhe pétalas de rosa no banheiro (em volta do banheiro, dentro da água, no caminho que leva do banheiro ao quarto). Coloque velas aromáticas e coloque um recipiente com frutas (morango, uva, kiwi), na borda da banheira e também duas taças com uma bebida nobre (pode ser vinho branco ou um espumante). Deixe a água do banho em uma temperatura agradável.

– Tire a roupa do seu parceiro bem devagar ao som da música. Use uma música tipo New Age, no estilo de Enya, Sarah Brightman, Lorena Mackenitt, ou outra cantora que vocês curtam.

– Se ele estiver usando uma camisa, abra os botões lentamente, beije seu peito e escorregue as mãos por suas costas. Em seguida tire o restante da roupa. Procure deslizar as mãos pelo corpo dele

– Tire a roupa devagar olhando-o sensualmente nos olhos durante todo o tempo e siga o ritmo da música.

– Comece o banho.

– Espalhe com as mãos a espuma por todo o corpo dele, começando pelos pés e subindo até o rosto. Quando chegar ao rosto, brinque um pouco com a fruta, passando-a na boca de seu parceiro.

– Deslize suas mãos por todo o corpo dele. Depois, com a ajuda de uma esponja macia embebida em sabonete líquido, refaça o mesmo caminho dando atenção especial ao pênis. Retire o seu amor da água e seque-o lentamente com uma toalha macia.

A partir daí, tudo pode rolar. Aproveite o clima criado e a excitação que estará no ar.

Semana que vem, ensinarei todos os truques para a massagem sensual !