8 passos para nunca mais perder um orgasmo

Inúmeros caminhos levam ao paraíso. A masturbação é um deles, pois ajuda você a se conhecer. Um namorado bem treinado também. Aqui, maneiras de conseguir um orgasmo — solo ou bem acompanhada.

Com este passo-a-passo, você chegará ao clímax antes do que imagina! De sexo oral a estimulação do ânus, passando por profundas penetrações, a relação entre você e o seu querido ficará ainda mais incendiária. Siga do primeiro ao oitavo passo e aproveite os orgasmos i-nes-que-cí-veis!

sensual110

1. USAR O PODER DA ÁGUA

Antes de chegar à cama, que tal começar a explorar seu corpo ainda no banho, para “acordar” as sensações eróticas? É que a água morna ajuda a despertar as terminações nervosas da pele, que transportam as mensagens para seu sistema nervoso central. Você também pode comprar uma esponja vibratória (há vários modelos, como os que imitam coração e morango) para ajudá-la a estimular algumas regiões de maneira mais intensa. Se estiver no quarto, aposte em um lubrificante, especialmente aqueles que proporcionam a sensação de calor local, à venda praticamente em todas as sex shops

2. INVESTIR NAS FANTASIAS

O cérebro é mesmo um poderoso órgão sexual, os estudiosos não têm nenhuma dúvida disso. Segundo a sexóloga Kate Taylor, autora do livro The Good Orgasm Guide (Um bom guia do orgasmo), nada menos que 78% das mulheres precisam das fantasias para conseguir um orgasmo durante a transa e 99% chegam lá quando se masturbam. Assim, pensar no Josh Holoway, do seriado Lost, no Reynaldo Gianecchini ou no bonitão que faz você virar o pescoço na academia enquanto se estimula (ou é estimulada), por exemplo, pode fazer a diferença e fazer a sua mente se manter ligada no prazer.

3. DOMESTICAR SEU GATO

Quando o rapaz estiver deitado de barriga para cima, sente-se sobre ele sem deixar que ponha o pênis dentro da vagina. Curve-se, então, para beijá-lo e acariciá-lo. Ele se sentirá obrigado a tocá-la em todos os cantos que estiverem ao alcance das mãos. A certa altura, peça que se sente e então jogue sua cabeça para trás, convidando-o a beijar seu pescoço, ombros e seios. Enquanto isso, friccione com suavidade seu clitóris contra o osso púbico dele. No momento em que estiver pronta para saborear o prato principal, diga algo do tipo “Estou louca para sentir você dentro de mim”.

4. TURBINAR A PENETRAÇÃO

No auge da transa, explique que ele precisa manter um contato satisfatório com o clitóris ou com o ponto G para você chegar lá. Se o gato a penetra por trás e de baixo para cima, por exemplo, o pênis terá bastante contato com a parede frontal da vagina, onde fica seu botão mágico. Recorra ainda à sinalização corporal. Gostaria que o rapaz fosse mais fundo? Empurre seu bumbum para trás, em direção ao moço. Ele vai entender. Mais uma dica que funciona: na posição papai-e-mamãe, se você precisa de fricção, afaste gentilmente os ombros dele e diga: “Fico bem melhor quando posso me movimentar debaixo de você”.

5. VARIAR O MENU

Sexo oral é uma forma praticamente garantida de chegar lá. Mas sugira com linguagem corporal (e não verbal). Tente, por exemplo, roçar seu corpo na cabeça dele para sinalizar que deseja mais pressão e indicar a direção certa. Sutil demais? Puxe para baixo a pele que recobre o clitóris, deixando-o exposto, a fim de encorajar o rapaz. E esconda-o com um dedo se preferir que ele estimule os arredores. Peça que a acaricie com toda a língua, e não só a ponta, pois cada parte dela gera uma sensação diferente ao toque. Numa posição confortável, não ficarão cansados e você não se apressará para o clímax — que poderá acontecer antes do que imagina.

6. MULTIPLICAR PONTOS DE PRAZER

Descobrir (várias) regiões quentes do seu corpo e não seguir sempre o mesmo roteiro facilita orgasmos inesperados. Se carícias na curva do pescoço a deixam cheia de tesão, conte o segredo ao gato. Ter os dedos das mãos ou dos pés sugados também costuma provocar forte excitação. A estimulação dos mamilos com um vibrador de baixa potência pode ser extremamente prazerosa para muitas mulheres. Seu namorado pode ajudar deslizando as mãos pela parte interna de suas coxas, pelo seu monte de Vênus e pelos lábios vaginais antes de chegar ao clitóris, pois aumentam a irrigação sanguínea na pélvis.

7. RECUAR PARA AVANÇAR

Arrisque deixar que sua excitação alcance um grau moderado e, então, interrompa a estimulação para que o desejo diminua mas não desapareça por completo. Recomece de modo que você vá um pouco além do ponto em que estava anteriormente. Então, reduza outra vez. Continue assim, indo e vindo, até chegar ao orgasmo. Esse exercício faz sua energia sexual aumentar, garantindo um prazer mais intenso. Se quiser tentar outro orgasmo, logo após o primeiro, recomece a estimulação para manter o nível de excitação e preparar-se para um novo. A intensidade pode ser menor, mas é bom do mesmo jeito.

8. DESCOBRIR O TRIORGASMO

Você já ouviu falar sobre o orgasmo combo, obtido por intermédio da estimulação simultânea do clitóris e do seu ponto G. Mas, segundo a sexóloga Ava Cadell, é possível conseguir um clímax ainda mais poderoso: o triorgasmo. Para isso, ela sugere estimular também o ânus durante o combo. Experimente pedir ao namorado que insira a ponta do dedo bem ali, com a ajuda de um lubrificante, quando a excitação estiver em alta. Alguns vibradores triplos já estão à venda nas sex shops, mas, antes de convidar o gato para a novidade, teste sozinha a fim de descobrir se ficará realmente à vontade.

O que você não deve esquecer, jamais!

• Descobrir quais são as zonas erógenas capazes de levá-la ao êxtase e revelar a ele.

• Estimular-se física e mentalmente antes (já pensou em sexo enquanto dirigia?)

• Direcionar as mãos, a boca e o pênis de seu querido para onde sabe que sente mais prazer.

O que facilita o clímax, sempre

• Saber o que é o orgasmo, não importa se você somente o experimentou sozinha.

• Transar apenas quando estiver com vontade.

• Aumentar a intimidade com o parceiro — sempre.

• Estar plenamente envolvida com algum estímulo erótico, que pode ser uma cena de filme, uma fantasia ou lembranças ultra picantes.

• Acariciar o seu clitóris antes e durante o sexo — ou pedir ao seu bonitão que o faça.

• Ficar totalmente solta na relação e sem sentir vergonha de nada.

• Tirar do quarto tudo o que possa distraí-la na hora da transa.

• Relaxar e prestar atenção nas reacções do seu corpo, e não apenas no namorado.

O truque da respiração

Ao inspirar profundamente e contrair a região pélvica enquanto ele a penetra, você potencializa o fluxo de sangue nessa área. Mais: respirar em uníssono é um segredinho tântrico que pode elevar seu prazer. Parceiros que respiram simultaneamente conseguem frear a pressa do orgasmo a fim de um resultado mais intenso.

O poder da adrenalina

Se você procura um tipo de lazer diferente para os próximos fins-de-semana, vai adorar saber disso. Pesquisas recentes demonstraram que assumir comportamentos que liberem adrenalina (seja escalar paredões de pedra, seja apenas assistir a um filme realmente assustador) ajuda a estimular a dopamina no cérebro, o que faz os fluidos corporais circular mais depressa, melhorando a resposta sexual.

Anúncios

Vaginismo? O que é isso?

Se você é daqueles que ainda acha que o Vaginismo é uma DST, está errado.
Vaginismo não é nada mais que a: “Contracção involuntária dos músculos circunvaginais” (próximos à vagina), o que impede qualquer tipo de penetração na vagina.

A que se deve o vaginismo?
Simples, existe ainda muita gente que instaura o medo, desde cedo, nas mulheres e meninas, seja por razões morais, políticas ou religiosas, para não terem relações sexuais. O sexo é visto como algo sujo, degradante, embaraçoso, repreensível…
Mesmo quando não são os pais a querer controlar, é a sociedade/ cultura/ religião, e torna-se comum a menina ficar com medo da primeira vez, já que toda a comunidade diz que dói.

Esse medo pode provocar a contracção dos músculos, impedindo a penetração. Ou, na maioria dos casos, a penetração poderá até acontecer, mas a mulher sentirá dor.

Por isso, é importante saber que a dor que muitas mulheres descrevem “da primeira vez” é devida a essa contracção muscular.
Se a menina quer que não doa, o melhor é relaxar e compreender melhor o seu corpo, para saber quando está pronta e relaxada.

Todos os homens precisam de saber isto, em vez de se acharem machões por estar a comer uma “gaja apertada”.
É um absurdo ninguém explicar o vaginismo, nem nas escolas.
No entanto, um homem no mínimo compreensivo saberia que, se a garota está tensa, não poderá ser penetrada. Em vez de forçar, ajudaria a deixá-la mais relaxada, calma e saber quando ela estiver pronta.

Mas como saber se estou pronta?
A melhor forma é entender o seu corpo, e para isso o truque é masturbar-se.
Vá à casa de banho e pense em alguém atraente, acaricie-se, veja o que lhe dá prazer, toque-se.
Com o tempo descubra o quanto fica molhada.
Veja se está apertada, tente colocar um dedo, veja se entra facilmente. Depois tente outro.

Com o tempo, você sentirá quando o músculo da vagina está relaxado, assim você saberá se já está pronta para primeira relação sexual, e começar a penetração. Ou se ainda está um pouco tensa e é melhor continuar com mais uns amassos.

O vaginismo só ocorre na primeira vez?
Não. Em muitos casos o vaginismo pode ocorrer devido a um trauma psicológico, como ter sido violada ou conviver com pessoas que condenam o sexo a tempo inteiro.
Em alguns casos é necessário ir a um médico para tratar o problema.

sensual

50 Razões para se ter SEXO:

De acordo com um episódio de How I Met Your Mother (Foi Assim Que Aconteceu), aqui ficam 50 razões para se ter sexo ( para quem ainda precisa de argumentos):

1 – porque não se consegue adormecer
2 – sexo para fazer as pazes
3 – sexo de quando se acaba uma relação
4 – um amigo falou-nos de uma posição nova
5 – vingança
6 – quando se arranja alguém imediatamente a seguir ao fim de uma relação para esquecermos a outra pessoa
7 – quando nos metemos com alguém só para termos um sítio onde ficar quando estamos de visita longe de casa
8 – porque não há nada de jeito na televisão
9 – porque se está num hotel
10 – curiosidade
11 – porque está a chover
12 – porque está no intervalo do jogo
13 – dieta/exercício
14 – para celebrar uma perda de peso recente
15 – para que a nossa cama de infância sirva finalmente de palco a algo de interessante
16 – baile de finalistas
17 – já lá estamos em casa dele/a e não nos apetece pegar no carro outra vez
18 – para mostrar lingerie nova
19 – para celebrar uma vitória importante da equipa preferida e/ou de candidato político preferido
20 – oportunidade de o fazer num local específico (ex. num avião, na casa-de-banho do Burger King)
21 – para provar que não estamos numa fase assim tão má
22 – para aliviar o stress
23 – porque temos a depilação perfeitinha
24 – porque nos esquecemos de comprar o presente de anos
25 – porque está a dar a música “Let’s Get It On” do Marvin Gaye
26 – para celebrar a alegria de se estar vivo depois de uma experiência de quase-morte
27 – oportunidade única de o fazer com uma celebridade
28 – para controlar o tempo de cozedura de um ovo
29 – para evitar ter que fazer limpezas, estudar ou qualquer outro tipo de trabalho
30 – porque ela quer
31 – porque está frio lá fora
32 – para animar alguém (por pena)
33 – para manter o ritmo dos vizinhos
34 – porque o nosso companheiro de casa está fora e podemos fazê-lo no sofá
35 – sexo muitooo protegido para celebrar o facto de que ela afinal não está grávida
36 – prática
37 – porque a pessoa com quem estamos tem ar condicionado e nós não
38 – porque a pessoa com quem estamos é de um país de onde ainda não tivémos sexo com ninguém
39 – sexo do estilo “bolas, as tuas pernas ficam mesmo giras nesses calções”
40 – porque se ligou à pessoa errada mas ela até está virada para isso
41 – porque a pessoa se parece com aquele/a primo/a super atraente e isso é o mais perto que poderemos estar de dormir com ele/a sem qualquer problema
42 – para estrear um novo apartamento
43 – porque nos dizem que nos amam e não estamos preparados para o dizer de volta
44 – porque alguém tem que ficar com a pessoa pouco atractiva que é amiga da pessoa gira que os nossos amigos estão a tentar engatar
45 – porque os preservativos estão quase fora de validade
46 – porque as coisas estão a ficar duras
47 – falhas de comunicação (tipo, “ai, deixei cair um Cheeto no teu colo, vou lá buscar…)
48 – para reforçar bom comportamento (como fazer a barba ou lavar os dentes)
49 – para mudar de assunto
50 – amor.1299144