Viciados em trabalho por falta de sexo

A University de Goettingen realizou um estudo, no qual participaram 32 mil pessoas, sobre os motivos que levam as pessoas a trabalharem mais horas do que o previsto.

Segundo a agência Reuters o estudo publicado na passada sexta-feira indica que 35 por cento das pessoas que consideram não ter relações sexuais satisfatórias, usam o trabalho como forma de se abstraírem desse facto. 36 por cento de homens e 35 por cento de mulheres  insatisfeitos na cama – admitiram que aceitariam fazer horas extra no escritório ou trabalhos mais complicados.

E quem não tem qualquer tipo de relacionamento assume mais responsabilidades profissionais. Ou seja, voluntariamente oferecem o seu trabalho às chefias, revelando-se dispostos a abdicar do tempo livre. O estudo encontrou nesta situação 45 por cento de homens e 46 por cento de mulheres.

Ragnar Beer, um dos responsáveis pelo estudo considera os resultados extremamente preocupantes.

Portugal Diário

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s